HOMEOPATIA:
Ciência, Filosofia e Arte de Curar


Livros do Autor 

A natureza imaterial do homem: estudo comparativo do vitalismo homeopático com outras concepções 

         

 

A natureza imaterial do homem: estudo comparativo do vitalismo homeopático com as principais concepções médicas e filosóficas

Teixeira MZ. A natureza imaterial do homem: estudo comparativo do vitalismo homeopático com as principais concepções médicas e filosóficas. 1ª ed. São Paulo: Editorial Petrus, 2000, 480 páginas.

Teixeira MZ. A natureza imaterial do homem: estudo comparativo do vitalismo homeopático com as principais concepções médicas e filosóficas. 2ª ed. São Paulo: Marcus Zulian Teixeira, 2015. (e-Book em pdf) 

Teixeira MZ. A natureza imaterial do homem: estudo comparativo do vitalismo homeopático com as principais concepções médicas e filosóficas. 3ª ed. São Paulo: Marcus Zulian Teixeira, 2015. (e-Book em epub)

Disponível em: Livraria Digital Cultura / Livraria Digital AmazonLivraria Digital Saraiva 

                      http://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/hom-11713

 

Resenha

Além da materialidade grosseira do corpo físico, sempre se acreditou na existência de uma natureza imaterial do homem, assumindo várias conotações ao longo das diversas civilizações humanas.

Em todas as filosofias e religiões, termos como alma, espírito, mente, força vital, etc. são citados, representando uma entidade energética-espiritual com ascendência sobre a entidade orgânica-material. Além disso, atribui-se ao espírito (alma) uma natureza eterna, imortal, ao contrário da existência limitada e passageira do corpo material.

Até o século XIX, existia na medicina a noção de uma força vital responsável pela manutenção do equilíbrio das funções orgânicas e da saúde, sendo substituída, no século XX, pelos princípios cartesianos que localizaram a causa das doenças nos órgãos, nos tecidos e nas células.

Dentre as especialidades médicas atuais, a homeopatia apresenta em seu corpo doutrinário a noção de que o binômio saúde-doença se fundamenta num substrato material-energético (força vital, princípio vital). Apesar de utilizar esse conceito filosófico para explicar a gênese profunda das enfermidades, apresenta um modelo terapêutico fundamentado pelos conhecimentos experimentais e científicos da medicina moderna.

Nessa obra, buscamos estudar comparativamente as diversas escolas médicas e filosóficas que valorizam os veículos sutis de manifestação da individualidade humana, evidenciando, através das semelhanças conceituais encontradas, que este conhecimento espiritualista provém de uma fonte primordial comum, que remonta ao início da humanidade terrena.

Através das inúmeras citações e referências bibliográficas, o leitor poderá se aprofundar no estudo desta natureza imaterial humana, não alimentando esse trabalho qualquer pretensão de esgotar um assunto de tamanha complexidade e importância para o entendimento do homem e de seu papel no atual ciclo de evolução terrena.

 

Principais tópicos

A natureza imaterial do homem ao longo da história da medicina.

A natureza imaterial do homem segundo a homeopatia: concepção vitalista de Samuel Hahnemann.

O princípio vital homeopático perante a fisiologia humana.

A natureza imaterial do homem segundo a medicina tradicional chinesa (acupuntura).

A natureza imaterial do homem segundo a medicina âyurveda e a filosofia hindu-tibetana.

A natureza imaterial do homem segundo a concepção rosacruz.

A natureza imaterial do homem segundo a medicina antroposófica.

A natureza imaterial do homem segundo a cabala hebraica.

A natureza imaterial do homem segundo a doutrina espírita.

 

 



HOMEOPATIA:
Ciência, Filosofia e Arte de Curar

Prof. Dr. Marcus Zulian Teixeira
Rua Teodoro Sampaio, 352 - Cj.128
CEP 05406-000 - São Paulo - SP
(11) 3083-5243 | 3082-6980
marcus@homeozulian.med.br
Todos os direitos reservados a Marcus Zulian Teixeira - Escritório de Direitos Autorais - Fundação Biblioteca Nacional