HOMEOPATIA:
Ciência, Filosofia e Arte de Curar


Publicações do Autor 

O ensino da acupuntura na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo - RAMB 

O ensino da acupuntura na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo - RAMB

Amadera JED, Pai HJ, Hsing WT, Teixeira MZ, Martins MA, Lin CA. The teaching of acupuncture in the University of São Paulo School of Medicine, Brazil. Revista da Associação Médica Brasileira 2010; 56(4): 458-461.

Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ramb/v56n4/20.pdf

 

Resumo

Objetivo. Após ter sido introduzida como disciplina eletiva (não obrigatória) no segundo semestre de 2002, a acupuntura tem sido ensinada na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) desde então. Esse estudo foi realizado com o intuito de verificar o interesse e a aceitação da acupuntura entre os estudantes de medicina da FMUSP e se, de alguma forma, ela poderia influenciá-los positivamente, contribuindo para melhorar as suas competências. Métodos. O estudo foi conduzido durante o período de 2002 a 2007, utilizando-se métodos de estatística descritiva. Resultados. A média de todos os estudantes que concluíram a disciplina foi de 24,9 alunos por semestre, sendo que a média de estudantes de medicina por semestre é de 87,5 (28% de todos os estudantes de medicina nos 7º e 8º semestres). Após o primeiro semestre de formação básica em acupuntura, apenas oito alunos por grupo são promovidos (após seleção) para a Liga Médica Acadêmica de Acupuntura que tem a duração de dois anos. Em todos os semestres, as oito vagas são preenchidas. Entre os estudantes que concluíram o curso, 98% consideraram-no de boa ou muito boa qualidade, 85% consideravam-se parcialmente capazes para empregar a acupuntura e 79% consideraram que o curso contribuiu para a sua educação médica. Conclusão. Existe um real interesse para a aprendizagem da acupuntura, pois em torno de 30% de todos os alunos quiseram passar por um breve treinamento em acupuntura, alguns deles optando por uma formação de dois anos em reconhecimento à importância da acupuntura como parte da capacitação profissional. Os resultados sugerem que a acupuntura deve ser incluída como uma disciplina eletiva para alunos de medicina.

 

Abstract

Objective. Since being introduced as an elective discipline (non-obligatory) in the second semester of 2002, acupuncture has been taught in the University of São Paulo School of Medicine. We conducted this study to verify interest and acceptance among under graduate medical students and to discern a positive influence contributing to improveing their skills. Methods. The study was conducted from 2002 to 2007 using descriptive statistical methods. Results. The average number of students who concluded the discipline is 24.9 students per semester with an average number of medical students per semester of 87.5 (28% of all medical students in the 7th and 8th semesters). After a semester of basic training in acupuncture, only eight students per group are promoted (after selection) to the Medical Academic League of Acupuncture which lasts for two years. Every semester, all eight vacancies are filled. Among the students who concluded the course, 98% described course quality as good or very good, 85% considered themselves at least partially able to use acupuncture and 79% stated that the course influenced them in their medical education. Conclusion. There is a genuine interest to learn acupuncture, almost 30% of all students volunteer for a brief training in acupuncture while some of them choose additional training of two years indue to the importance of acupuncture as part of professional skills. Results indicate that acupuncture should be included as an elective discipline for medical students.

 



HOMEOPATIA:
Ciência, Filosofia e Arte de Curar

Prof. Dr. Marcus Zulian Teixeira
Rua Teodoro Sampaio, 352 - Cj.128
CEP 05406-000 - São Paulo - SP
(11) 3083-5243 | 3082-6980
[email protected]
Todos os direitos reservados a Marcus Zulian Teixeira - Escritório de Direitos Autorais - Fundação Biblioteca Nacional